Política Básica de Gestão do Grupo Panasonic 2. A missão do Grupo Panasonic e o que deve ser feito no momento

O fundador refletiu incessantemente sobre a verdadeira missão da empresa e, em 5 de maio de 1932, reuniu todos os funcionários para fazer uma declaração. No Grupo Panasonic, chamamos isto de “Sogyo Meichi”, que significa “a descoberta da verdadeira missão”.

O fundador disse que “a nossa missão como industriais é superar a pobreza e expandir a riqueza, sendo esse o único motivo que permite uma empresa prosperar”, afirmando que a superação da pobreza seria alcançada ao reduzir o máximo possível o valor dos bens, da mesma forma que água de torneira do Japão na época, ou seja, através da “constante produção de bens”.

No entanto, o verdadeiro significado do conceito do fundador sobre essa “filosofia da água de torneira” pode ser explicado com as seguintes palavras: A felicidade humana pode ser mantida e aumentada através da riqueza material e espiritual. Somente quando a estabilidade espiritual for combinada com o fornecimento de bens é que haverá uma felicidade contínua na vida.

Para alcançar essa missão, o fundador estabeleceu o “plano de 250 anos” dividido em 10 fases sucessivas de 25 anos, com o objetivo de criar um “paraíso”, ou seja, uma “sociedade ideal”. Ele também disse que o plano não deveria terminar nos primeiros 250 anos, mas que os 250 anos seguintes deveriam ser gastos na busca de ideais mais elevados, de forma consistente com os ideais da época.

Apesar da “filosofia da água de torneira” ter sido formulada há quase 90 anos, o conceito de alcançar a riqueza material e espiritual não está, de forma alguma, ultrapassada mesmo nos dias de hoje.

De fato, nossa sociedade, especialmente nas nações desenvolvidas, está repleta de bens, mas existe uma grande preocupação de que nossos filhos, netos e gerações futuras não possam continuar desfrutando do mesmo nível de riqueza, principalmente com a rápida destruição ambiental e o esgotamento energético que tem ocorrido ano após ano.

Até o momento, em busca pela riqueza, nossas atividades estiveram centradas no fornecimento de bens, mas devemos reconhecer que estamos longe de ser uma sociedade ideal. Mas não podemos voltar pelo caminho que já foi trilhado. Do ponto onde nos encontramos agora, devemos vislumbrar novamente uma sociedade ideal, abundante em riqueza tanto material quanto espiritual, e seguir em frente para alcançá-la.

Se quisermos construir nossa sociedade ideal, precisamos enfrentar os problemas sociais do momento e contribuir para que sejam solucionados. Dentre estas, as questões ambientais globais devem ser tratadas com maior prioridade no século XXI.

O Grupo Panasonic há muito tem se comprometido em abordar essas questões, e em 1991, tornou-se a pioneira no mundo a estabelecer uma Carta Ambiental. Para continuarmos como uma empresa líder na resolução de questões ambientais, devemos tomar medidas ativamente sob diversas perspectivas, a começar pela redução da quantidade de energia utilizada na produção e minimizando o impacto ambiental causados por nossos produtos e serviços.